Folha do Norte MS
Rio Verde MS - Domingo, 21 de Janeiro de 2018
Folha do Norte MS no Whatsapp
NOTICIAS » INTERNACIONAL

30/06/2017 «¢s 10h51min - Atualizada em 30/06/2017 «¢s 10h51min

Iraque declara fim do Estado Islâmico após vitória em Mosul

Cidade era considerada uma das capitais do grupo terrorista

Iraque declara fim do Estado Islâmico após vitória em Mosul

As forças armadas do Iraque capturaram ontem, 29, a mesquita de Mosul, local onde o Estado Islâmico (EI) proclamou sua versão de “califado” há três anos.


Autoridades iraquianas esperam que a longa batalha por Mosul termine nos próximos dias, visto que o restante dos combatentes do EI recuaram para apenas algumas áreas da Cidade Velha.


Retomar a Grande Mesquita de Al-Nuri representa uma vitória simbólica para as forças iraquianas, que vêm lutando há mais de oito meses para conquistar Mosul, cidade do norte do país que tem servido como capital do EI no Iraque.


A coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos realiza ataques aéreos diários contra os extremistas islâmicos desde o verão de 2014.



Os insurgentes explodiram a mesquita medieval e seu característico minarete inclinado na semana passada, enquanto forças iraquianas apoiadas pelos Estados Unidos iniciavam o avanço em sua direção.


A bandeira preta dos extremistas estava hasteada no minarete Al-Hadba, desde junho de 2014.


A queda de Mosul marcaria efetivamente o fim da metade iraquiana do califado do grupo terrorista, embora ainda controle territórios ao sul e ao oeste da cidade. Sua capital na Síria, Raqqa, também está cercada pela coalizão liderada por curdos e apoiada pelos EUA


O grupo perdeu em três anos 60% do território que havia conquistado e 80% de sua receita, de acordo com um estudo da IHS Markit, uma consultoria de inteligência da Inglaterra. O território do “califado” autoproclamado passou de 90.000 km², em 2015, para 36.200 km² em junho de 2017.


O custo da batalha, entretanto, tem sido enorme. Em adição às mortes militares, estima-se que milhares de civis foram mortos no conflito.


Aproximadamente 900 mil pessoas, cerca de metade da população pré-guerra da cidade, fugiu da batalha, buscando abrigo em campos de refugiados ou com parentes e amigos.


Civis que ficaram presos na cidade sofrem com a fome e privações e correm risco de morte ou de lesões, e muitos prédios foram destruídos.


 




 



CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR:

AUTOR/FONTE: Com agências

Luiz Carlos Atagiba

([email protected]­m.br)

Veja também »

20/01/2018

Em um ano, o que Trump fez pela economia?

Em um ano, o que Trump fez pela economia?

31/12/2017

Governo negocia liberação de brasileiro detido na Venezuela

Governo negocia liberação de brasileiro detido na Venezuela

18/12/2017

Sebastián Piñer é reeleito no Chile

Sebastián Piñer é reeleito no Chile

12/12/2017

Astronautas perdidos no espaço terão botão de resgate

Astronautas perdidos no espaço terão botão de resgate

11/12/2017

Para Gilmar, atos antecipados de Lula e Bolsonaro podem levar à condenação

Para Gilmar, atos antecipados de Lula e Bolsonaro podem levar à condenação

11/12/2017

Maduro bane partidos de oposição de eleição presidencial

Maduro bane partidos de oposição de eleição presidencial

© Copyright 2018 - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium