Folha do Norte MS
Rio Verde MS - Sábado, 23 de Junho de 2018
Folha do Norte MS no Whatsapp
CIDADES » SAO GABRIEL

01/06/2017 «¢s 20h02min - Atualizada em 01/06/2017 «¢s 20h02min

Vereadores analisam melhorias no lixão do município

Vereadores analisam melhorias no lixão do município

Os vereadores Fernando Rocha (PSB), Luizinho do Ferro Velho (PSB), Rogerio Rohr (PDT), Rose Pires (PMDB), Vagner Trindade (PSB) e o presidente da Câmara Municipal, vereador Valdecir Malacarne (PPS), visitaram quarta-feira, 31, o município de Costa Rica, onde, na companhia de colaboradores da COOPERASGO (Cooperativa Regional de Coleta Seletiva e Reciclagem de São Gabriel do Oeste), analisaram estruturas e modelos de gestão que têm apresentado resultados significativos no sistema de coleta de lixo local. A idéia é estudar mecanismos para implementação de melhorias em São Gabriel do Oeste.

Recebidos pelo prefeito Waldeli dos Santos Rosa, os parlamentares seguiram, com equipes da administração, até o aterro sanitário. No local, foram recebidos pela administradora da COOPERCORI (Cooperativa dos Catadores de Lixo), Fabíola Ramalho Rabel Carneiro. Foi ela quem detalhou os serviços realizados e o modelo organizacional do lixão.

A cooperativa é composta por 20 pessoas, sendo sete cooperados e 13 funcionários contratados pela CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas). A prefeitura colabora com repasse mensal de R$ 30 mil e em despesas como o transporte de materiais para a reciclagem, na Capital. Em média, o aterro recebe cerca de 20 toneladas de lixo por dia, no período de segunda à sábado.

De acordo com a Secretaria Municipal de Turismo, Meio Ambiente, Cultura e Esporte de Costa Rica,  o trabalho da cooperativa não é auto-sustentável, por isso existe a contrapartida da prefeitura. "Poderíamos dizer que financeiramente não compensa, mas nossa preocupação, neste aspecto, é com os ganhos sociais, ambientais e educacionais provenientes da reciclagem", explicou o secretário responsável pela pasta, Keyler Simey Garcia Barbosa.

A coleta normal de lixo é feita diariamente de casa em casa, exceto aos domingos. Já na coleta seletiva de lixo, a cidade é divida em dois setores, sendo que, em cada um, caminhões gaiola fazem a coleta dos recicláveis três vezes por semana. De tudo que entra no lixão, cerca de 20% é reaproveitado pela reciclagem, segundo explicou a coordenadora geral de projetos da prefeitura, Telma Rossafa.

Conforme avaliação dos vereadores e dos cooperados de São Gabriel, não há grande diferença na parte estrutural entre os dois lixões. O destaque seria na parte administrativa da cooperativa de Costa Rica, já que com recursos semelhantes, possuem melhor organização. Outra vantagem é que a prefeitura já adquiriu outro terreno,  bem ao lado, que dará, pelo menos, cerca de 20 anos autonomia para o lixão. Os tanques que comportam o chorume serão reaproveitados.

Outro aspecto importante informado pelo secretário Keyler Simey é em relação ao comportamento dos moradores. "Com ajuda de campanhas educacionais e de conscientização, já tivemos adesão de 90% das casas de Costa Rica, na coleta seletiva. Hoje este número diminuiu e vamos retomar as campanhas em razão disso. A colaboração dos moradores é fundamental para resultados", apontou.  


Para o presidente da Câmara, Valdecir Malacarne, a troca de experiência entre os cooperados e as informações adquiridas pelos parlamentares, será de fundamental importância. "Temos vantagens em relação ao aterro daqui, mas uma séria de desvantagens também.Precisamos estudar o que é melhor para São Gabriel, no sentido de garantir projetos que assegurem equilíbrio para gerações futuras. Proporcionar esta experiência aos cooperados é mais um passo para obtermos resultados positivos em nossa cidade", avaliou.

Participaram da agenda em Costa Rica, os seguintes cooperados: Ana Paula Santos, Julia Silmara Santos, Leidiana Silva Mateus, Maria de Lourdes Dias e Sebastião Pires.  

Outras demandas -  Aproveitando a agenda, os parlamentares também analisaram outros modelos da gestão, que colocou Costa Rica no ranking das melhores cidades para se viver do País. Entre os destaques, os vereadores apontaram a estrutura de avenidas e o asfalto, que segundo o prefeito já contempla 100% da cidade. No Demutran (Departamento Municipal de Transito de Costa Rica), recebidos pelo diretor Deoclecio Paes da Silva, também estudaram a viabilidade de um projeto de municipalização do trânsito.

Na parte da tarde, foram novamente recebidos pelo prefeito Waldeli, que discorreu sobre atitudes administrativas que geraram resultados em sua gestão. Em seguida, visitaram o centro de eventos municipal e locais onde estão sendo implementados projetos de arborização. Segundo os vereadores, as informações serão discutidas com o prefeito de São Gabriel, Jeferson Tomazoni, como forma de encontrar soluções para necessidades locais.

Parlamentares da cidade de Paraíso do Tocantins também cumpriram agenda na cidade de Costa Rica, visando possibilidades de melhorias. 
 




CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR:

AUTOR/FONTE: Da Assessoria

Luiz Carlos Atagiba

(luizatagiba@ibest.co­m.br)

Veja também »

14/06/2018

Empresários recebem oficina sobre crédito

Empresários recebem oficina sobre crédito

16/03/2018

Detentas esclarecem dúvidas sobre saúde feminina

Detentas esclarecem dúvidas sobre saúde feminina

16/02/2018

Município terá Fórum novo e moderno

Município terá Fórum novo e moderno

04/12/2017

Grupo inaugura fábrica de fertilizantes com apoio do Governo

Grupo inaugura fábrica de fertilizantes com apoio do Governo

21/11/2017

Investimentos em iluminação trarão mais segurança à população

Investimentos em iluminação trarão mais segurança à população

23/10/2017

Estado é parceiro na expansão da suinocultura

Estado é parceiro na expansão da suinocultura

© Copyright 2018 - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium