Folha do Norte MS
Rio Verde MS - Domingo, 22 de Julho de 2018
Folha do Norte MS no Whatsapp
NOTICIAS » ECONOMIA

09/11/2017 «¢s 13h31min - Atualizada em 09/11/2017 «¢s 13h31min

Governo une esforços para produção quilombola chegar aos supermercados

Governo une esforços para produção quilombola chegar aos supermercados

Produtos da comunidade quilombola Furnas do Dionísio, em Jaraguari, estarão, em breve, à venda em supermercados de Mato Grosso do Sul. Para profissionalizar a mão de obra da comunidade e agregar valor à produção de farinha de mandioca, rapadura e outras mercadorias, o Governo do Estado se uniu à Energisa e à Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) para executar o “Projeto de Geração de Renda da Comunidade Quilombola de Furnas do Dionísio”.


Na prática, o Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), capacitou os produtores; a Energisa investiu R$ 1 milhão na construção de galpões e troca de aparelhos elétricos; e a UCDB criou um plano de administração e identidade visual dos produtos para comercialização. Nesta quinta-feira (9.11), as novas instalações da unidade de produção foram inauguradas.


“Quando você junta os esforços os projetos avançam. Aqui na Furnas do Dionísio é um exemplo. Estamos contribuindo com o desenvolvimento da comunidade, agregando valor aos produtos gerados e dando maior renda às pessoas. Por meio da Agraer, a comunidade está com mão de obra qualificada, com o sistema produtivo organizado e com expectativa de mercado”, disse o governador Reinaldo Azambuja.


Com a cooperação entre o poder público, a iniciativa privada e a universidade, a expectativa é que a agricultura familiar de Furnas do Dionínio triplique a produção de farinha de mandioca e de rapadura, fazendo com que os produtos cheguem às prateleiras dos supermercados com qualidade, procedência e identificação.


“O projeto nasceu com objetivo de gerar renda à comunidade. Ele é transformador, vai dar oportunidade às pessoas para que sejam donas do próprio negócio, consigam crescer e se sustentar”, falou o diretor-presidente da Energisa Marcelo Vinhaes. Para o reitor da UCDB, o padre Ricardo Carlos, a iniciativa vai dar mais visibilidade à produção local. “Os produtos serão reconhecidos e valorizados, com padrão para chegar ao comércio”, disse, lembrando que os cursos de Administração e Publicidade e Propaganda se envolveram no processo.


Foto Edemir Rodrigues




CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR:

AUTOR/FONTE: Bruno Chaves e Paulo Yamafusso

Luiz Carlos Atagiba

(luizatagiba@ibest.co­m.br)

Veja também »

09/07/2018

Vereador pede impeachment de Crivella por favorecimento a pastores

Vereador pede impeachment de Crivella por favorecimento a pastores

14/05/2018

Caixa lançará um novo jogo lotérico

Caixa lançará um novo jogo lotérico

11/05/2018

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.002 para 2019

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.002 para 2019

07/02/2018

BC reduz taxa Selic para 6,75% e juro atinge novo piso histórico

BC reduz taxa Selic para 6,75% e juro atinge novo piso histórico

05/02/2018

Brasileiros aceitam salários menores para driblar desemprego

Brasileiros aceitam salários menores para driblar desemprego

30/01/2018

As 100 cidades que mais criaram empregos em 2017

As 100 cidades que mais criaram empregos em 2017

© Copyright 2018 - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido pela Lenium