Quarta, 08 de abril de 2020
(67) 9-9959-0792
Política

08/02/2020 às 12h21

62

Redação

Campo Grande / MS

MDB escolhe Márcio Fernandes para disputar prefeitura da Capital
Decisão foi anunciada na manhã deste sábado (8), durante encontro do partido na Capital
MDB escolhe Márcio Fernandes para disputar prefeitura da Capital
Foto Fernanda Palheta

O MDB já bateu o martelo sobre quem será o candidato à prefeitura de Campo Grande em 2020. O nome do partido será o deputado estadual Márcio Fernandes. O anúncio foi feito na manhã deste sábado (8), durante encontro para definição da chapa de 44 candidatos a vereador.


O presidente estadual da legenda, deputado Júnior Mochi, admitiu que essa não era a primeira opção do partido.  "Na verdade, todos nós queríamos obviamente a candidatura do André (Puccinelli). Ele fez a exposição dos motivos porque não queria ser agora,. Entende que não deve ser e nós não gostaríamos mais de ficar prorrogando a decisão", explicou.


Segundo Júnior Mochi, a disposição de Márcio Fernandes para a disputa foi decisiva para a escolha. "Entre os nomes, o Márcio foi mais incisivo e falou que aceita o desafio,  disse 'eu tenho interesse, eu quero se o partido entender, meu nome está a disposição'. Ele teve não só à disposição pessoal, mas vontade e o apoio político de todos, então é o nosso candidato“.


O deputado já adiantou que não pretende se afastar da Assembleia. "A gente disputa no mandato, eu vou conciliar o trabalho legislativo com a pré-campanha e a campainha. Vamos começar a construir a campanha agora, sempre ouvindo as pessoas", comenta.


Por enquanto, ele é apenas pré-candidato, porque oficialmente o noem deve ser aprovação em convenção do partido, em junho.


Puccinelli - "Eu acredito que o Márcio é uma boa renovação", reforçou o ex-governador André Puccinelli. Liderança mais forte no MDB hoje, ele parece ciente dos efeitos na base eleitoral após prisão de 5 meses em 2018, em consequência da operação Lama Asfáltica.


“Não é que eu não quis [ser candidato]. Não me deixam ser. Se eu puser a cabeça de fora vão cair chuvas e trovões de novo. Aquilo foi um ato político. Não tinha denúncia formalizada, não iniciou inquérito até hoje, que diabo foi aquilo?”, reclamou.


Após as acusações, Puccinelli diz que nem sabe se vai subir ao palanque neste ano. "Vou avaliar. Dependendo da pesquisa qualitativa, vou estar junto. Se não for bom para o partido, nem vou aparecer”, garantiu.


Mesmo assim, se coloca como otimista em relação ao desempenho do colega. “O Márcio é  alinhado conosco e creio que ele estará no segundo turno.”


Currículo - Márcio Fernandes é paranaense, nasceu em Umuarama, mas desde os 5 anos vive em Campo Grande. O pai resolveu investir por aqui, no ramo de veículos e agropecuária.


Médico veterinário formado na Uniderp, ele foi eleito deputado estadual pela primeira vez em 2006, aos 27 anos, com 9.078 votos. Hoje Márcio Fernandes cumpre o 4º mandato na Assembleia Legislativa. Ligado ao agronegócio, logo de saída, em 2007 assumiu como presidente da Comissão Permanente de Agricultura, Pecuária e Políticas Rural, Agrária e Pesqueira. Também é conhecido pela atuação no esporte, pela relação com o  judô desde a infância.

FONTE: Ângela Kempfer

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium