Quarta, 08 de abril de 2020
(67) 9-9959-0792
Saúde

21/02/2020 às 15h03

78

Redação

Campo Grande / MS

Municípios recebem equipamentos para uso em unidades de saúde
No total foram entregues dezenas de caixas cirúrgicas, 52 monitores multiparamétricos e 28 cardioversores; ação é uma parceria do Ministério da Saúde, Secretaria Estadual de Saúde, Universidade da Paraíba e empresa Lifemed
Municípios recebem equipamentos para uso em unidades de saúde
Foto Ricardo Minella

Um total de 57 municípios de Mato Grosso do Sul receberam, na segunda-feira (17.02), equipamentos para uso em unidades de saúde, tanto na área de cirurgia quanto para pronto atendimento. Os aparelhos e instrumentos cirúrgicos foram entregues em solenidade que contou com a presença do governador Reinaldo Azambuja, ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, secretário estadual de Saúde, deputados estaduais, prefeitos e secretários municipais de saúde, entre outras autoridades.


Os equipamentos entregues totalizaram 52 monitores multiparamétricos e 28 desfibriladores/cardioversores, doados pelo Ministério da Saúde em parceria com a Universidade Estadual da Paraíba e a empresa Lifemed à Secretaria Estadual de Saúde de Mato Grosso do Sul (SES), que imediatamente os repassou aos municípios. Cada monitor tem um custo unitário de R$ 24.156,42 e o desfibrilador, R$ 42.745,05. No total, o investimento é de R$ 1.196.861,40.


Foram contemplados os municípios de Alcinópolis (um monitor); Amambai (um monitor); Anaurilândia (um monitor); Antônio João (um monitor e um cardioversor); Aquidauana (um monitor e um cardioversor); Bandeirantes (um monitor); Batayporã (um monitor e 1 cardioversor); Bonito (um monitor e um cardioversor ); Campo Grande (10 monitores e 2 cardioversores); Caracol (um monitor e um cardioversor); Corguinho (um monitor e um cardioversor); Coronel Sapucaia (um monitor e um cardioversor); Corumbá (um monitor); Costa Rica (um monitor e um cardioversor); Deodápolis (um monitor); Dois Irmãos do Buriti (um monitor e um cardioversor); Douradina (um monitor); Dourados (dois monitores e dois cardioversores); Fátima do Sul (um monitor); Figueirão (um monitor); Glória de Dourados (um monitor e um cardioversor); Ivinhema (um monitor e um cardioversor); Japorã (um monitor); Jaraguari (um monitor); Jardim (um monitor e um cardioversor); Jateí (um monitor); Juti (um monitor e um cardioversor); Laguna Carapã (um monitor e um cardioversor); Novo Horizonte do Sul (um monitor); Paraíso das Águas (um monitor); Paranhos (um monitor e um cardioversor); Pedro Gomes (um monitor e um cardioversor); Porto Murtinho (um monitor e um cardioversor); Rio Negro (um monitor); Rochedo (um monitor e um cardioversor); Santa Rita do Pardo (um monitor e um cardioversor); Selvíria (um monitor e um cardioversor); Sete Quedas (um monitor e um cardioversor); Tacuru (um monitor e um cardioversor); Taquarussu (um monitor); Terenos (um monitor e um cardioversor); Vicentina (um monitor).


Projeto


A doação dos equipamentos faz parte do Projeto para o Desenvolvimento Produtivo (PDP), uma parceria entre o Núcleo de Tecnologias Estratégicas em Saúde da Universidade Estadual de Paraíba (Nutes/UEPB), a empresa Lifemed (que desenvolve equipamentos médicos e hospitalares) e o Ministério da Saúde.


Firmada em 2013, a parceria entre as instituições visa a cooperação mediante acordo entre instituições públicas e entidades privadas para desenvolvimento, transferência e absorção de tecnologia, produção, capacitação produtiva e tecnológica do país em produtos estratégicos para atendimento às demandas do SUS.


Na ocasião, a Secretaria de Estado de Saúde também fez a entrega de caixas com equipamentos para cirurgia para os municípios de Amambai, Anastácio, Aparecida do Taboado, Aquidauana, Bataguassu, Bonito, Chapadão do Sul, Corumbá, Coxim, Dourados, Fátima do Sul, Ivinhema, Jardim, Maracaju, Miranda, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Sidrolândia e Três Lagoas.


Projeto Wolbacchia


Um pouco antes da entrega dos equipamentos, também no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, aconteceu a assinatura do Termo de Cooperação entre Ministério da Saúde, Secretaria de Estado de Saúde e Secretaria de Saúde de Campo Grande para desenvolvimento do Projeto Wolbacchia, que terá sua biofábrica instalada na sede do LACEN (Laboratório Central) estadual.


Também aconteceu a assinatura do Termo de adesão do município de Campo Grande ao projeto estadual e-Visita Endemias, com distribuição (simbólica) de aparelhos celulares para o monitoramento dos criadouros de mosquitos. No total, Campo Grande está recebendo 600 aparelhos, que serão utilizados pelos Agentes de Combate a Endemias (ACE’s) da capital.

FONTE: Ricardo Minella

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium