domingo, 24 de maio de 2020
(67) 9-9959-0792
Saúde

08/04/2020 às 16h09

105

Redação

Campo Grande / MS

Casos de Covid-19 crescem no mesmo ritmo que a população fica nas ruas
Brasil registrou 114 mortes nas últimas 24 horas
Casos de Covid-19 crescem no mesmo ritmo que a população fica nas ruas
Foto Edemir Rodrigues

O Brasil registrou ontem (7.04) pela primeira vez, desde o início da pandemia, 114 mortes em um único dia. Elevando para 667 o número de vítimas fatais da Covid-19 no país. Nos últimos dias Mato Grosso do Sul também viu os casos confirmados darem um salto de 66 para 85, de segunda-feira (6.04) para esta quarta-feira (8.04). E até o momento, duas mortes foram registradas no Estado.


No mesmo ritmo de casos suspeitos, confirmados e mortes, também aumenta a movimentação de pessoas nas ruas. Dados do monitoramento por geolocalização mostram que 52,3% da população de MS contrariou as recomendações de isolamento social nesta terça-feira, e apenas 47,7% permaneceu em casa.  Com esse percentual o Estado continua em segundo lugar no ranking das unidades da federação com pior taxa de isolamento do País. 


De maneira “silenciosa”, os casos no Estado estão aumentando e preocupando as autoridades. Além da Capital que tem 48 casos confirmados, Nova Andradina e Batayporã, por enquanto, são as cidades com maior número de contaminados no Estado, com 9 e 6, respectivamente. 


Baixo isolamento X Aumento de casos


Dois municípios sul-mato-grossenses são exemplos claros de que isolamento precário pode acarretar crescimentos no números de casos da doença. De segunda para terça, Nova Andradina com 45,5 mil habitantes (IBGE), teve um salto de 3 para 9 casos confirmados de coronavírus. Porém o comportamento da população em relação a necessidade do isolamento social, tem sido contrário, e os dados mostram taxa de isolamento inferior a 47% na cidade.


Com pouco mais de 11 mil habitantes (IBGE), Batayporã tem agravante de duas mortes ocorridas no município. A primeira no dia 31 de março, e a segunda no dia 6 de abril. O fator preocupante é que apesar da gravidade da pandemia, o monitoramento indica que metade da cidade continua nas ruas.


O apelo das autoridades e especialistas de todo o mundo tem sido para a população permanecer em casa, e apontam a medida como a unica maneira de evitar o agravamento da pandemia. Manter os cuidados de higiene e fazer o uso de máscaras também é uma recomendação essencial para reduzir o número de pessoas contaminadas, e evitar o pico da doença que pode sobrecarregar o sistema público de saúde.


Os dados são fornecidos pela startup da In Loco, que usa dados de geolocalização para mapear estados, municípios e regiões para mensurar a taxa média de isolamento social. A ferramenta será utilizada pelo Governo do Estado para direcionar ações de enfrentamento ao Coronavírus nos municípios e regiões com menos adesão ao isolamento.


Boletim atualizado


Nesta quarta-feira (8.4) a Secretaria de Estado de Saúde (SES) confirmou 5 novos casos de coronavírus em Mato Grosso do Sul, totalizando 85 casos confirmados e 43 suspeitos. 


O boletim completo pode ser conferido no site: www.coronavirus.ms.gov.br

FONTE: Mireli Obando

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium