Segunda, 26 de outubro de 2020
(67) 9-9959-0792
Geral

17/10/2020 às 08h57

57

Redação

Campo Grande / MS

Na avaliação da OPAS, ações da SES foram positivas para o enfrentamento à Covid-19
Técnicos da OPAS pedem a população para que fique atenta à Covid-19, uma vez que, a doença não está controlada
Na avaliação da OPAS, ações da SES foram positivas para o enfrentamento à Covid-19
Foto Chico Ribeiro

 A avaliação realizada pelos técnicos da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) que acompanham as políticas de enfrentamento à Covid-19 nos estados, classificou as ações desenvolvidas pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), como positiva. Entre os destaques está o estabelecimento do Comitê Multidisciplinar que envolveu vários atores tanto do governo quanto dos municípios, e isto contribui de forma benéfica para o enfretamento da Covid-19 em Mato Grosso do Sul.


Para o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, o apoio do governador Reinaldo Azambuja foi essencial para colher os bons resultados no enfrentamento à pandemia. “O apoio dele foi de extrema importância e de fundamental importância durante o processo. Ele deixou a decisão do enfrentamento da Covid-19 totalmente a cargo da SES, junto à Comissão de Controle e o Corpo de Bombeiros Militar e esta ação fez uma grande diferença”.


O secretário de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, avalia que o apoio da Opas reforça que, tanto as medidas adotadas pelo Estado quanto as recomendadas aos municípios, têm sido fundamentais para garantir a qualidade do atendimento à população. “Para nós é muito gratificante receber este retorno positivo. Desde o início da pandemia, buscamos embasar nossas ações em critérios científicos e a parceria da Opas foi fundamental para que o nosso Programa de Saúde e Segurança da Economia, o Prosseguir, obtivesse esses significativos avanços no enfretamento da pandemia".


Consultor de Vigilância, Preparação e Resposta a Emergências e Desastres, do escritório da OPAS e da OMS no Brasil, Rodrigo Frutuoso, destacou outros pontos que foram considerados importantes para o enfrentamento como a forte atuação do Corpo de Bombeiros Militar nas ações estruturantes (barreiras, drive-thru e outras); forte plano de atenção terciária pelo Hospital Regional de Mato Grosso do Sul, além do forte plano de atenção à população em situação de vulnerabilidade e o programa padrinhos e madrinhas municipais.


Pontos positivos e oportunidade de melhorias


Outros pontos foram levados em consideração durante a apresentação dos técnicos da OPAS nesta sexta-feira (16) como pontos fortes e boas práticas sendo: o fortalecimento do CIEVS (Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde); a criação em parceria com a OPAS da Sala de Situação em Saúde; COE estadual e multisetorial com diversos treinamentos, capacitações e produção de materiais educativos.


Um dos pontos considerados fortíssimos pelos técnicos foram os sistemas de informação e a equipe técnica; além do monitoramento dos indicadores considerados importantes como critérios de faseamento para flexibilização. O monitoramento de populações vulneráveis como prisional e indígenas também recebeu destaque devido a criação de organizações de equipe de resposta rápida à Covid-19.


Outra frente de trabalho que foi lembrada pela Opas foi o destaque para o trabalho realizado pelo Estado para sensibilizar os municípios para notificação e registro de casos. Os técnicos ainda lembram que desde o início da pandemia, a SES realizou a adesão aos protocolos técnicos e produção de diversos protocolos próprios considerando as especificidades do território, além de notas técnicas e orientativos a fim de garantir o alimento de conceitos e padronização de metodologias; e as rotinas automatizadas: limpeza dos bancos de dados, interoperabilidade com sistemas do Ministério e a divulgação de microdados, inclusive alguns 'educativos', informando quanto ao número de casos de Covid-19 sem encerramento no sistema. A transparência do Estado na divulgação das informações da Covid também recebeu destaque na apresentação.


A excelente estrutura do Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública) e as ações realizadas pelo Hospital Regional de Mato Grosso do Sul sendo referência no Estado no enfrentamento também foi pontuada na avaliação como positivas, bem como o desenvolvimento de estratégia de Drive-Thrus para realização de testes rápidos e coleta de RT-PCR (swab); e a coleta de RT-PCR na atenção primaria de saúde, além dos protocolos definidos e estabelecidos para utilização de testes rápidos e de RT-PCR.


A OPAS apresentou ao Estado, quadros de oportunidades de melhorias como o reforçar uso adequado de EPIs, estabelecimento de estratégia clara de rastreamento de contato e a criação de um plano de reemergência à Covid-19, considerando a possibilidade de uma nova da doença e reforçar os cuidados a possíveis epidemias de dengue no Estado.


Por fim, a secretária-adjunta da SES, Crhistinne Maymone, agradeceu o apoio da OPAS a Mato Grosso do Sul no enfretamento ao coronavírus. “Quero estender a nossa alegria com esta parceria única e singular, onde podemos identificar aonde podemos melhorar. Foi um processo de aprimoramento de tecnologia e integração das áreas. E essa parceria foi muito importante para nós. Por meio de uma avaliação, a gente consegue falar e consegue construir oportunidades de melhorias".


 

FONTE: Rodson Lima

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium