Quinta, 26 de novembro de 2020
(67) 9-9959-0792
Saúde

29/10/2020 às 18h20

73

Redação

Campo Grande / MS

Brasil registra queda de 25% nos óbitos por Covid-19 nos últimos 14 dias
Dados do último Boletim Epidemiológico também apontam redução de cerca de 10% nas notificações de novos casos, nas duas últimas semanas, mantendo tendência de queda nos registros da doença
Brasil registra queda de 25% nos óbitos por Covid-19 nos últimos 14 dias
Foto Arquivo

Na semana em que o Brasil alcança a marca de 90% de pessoas recuperadas da Covid-19, o país também apresenta nova queda nos registros de óbitos e de casos confirmados da doença. Dados do Boletim Epidemiológico nº 37 do Ministério da Saúde, apresentado nesta quinta-feira (29) durante a Comissão Intergestores Tripartite (CIT), apontam queda de 25% na média de registros de óbitos no país, passando de 4.211 notificações (4 a 10/10) para 3.228 (18 a 24/10).


A queda também se estende aos registros de novos casos confirmados da doença no mesmo período. De acordo com o novo boletim, o país apresentou redução de 9% na média de casos, passando de 175.804 (4 a 10/10) para 156.273 registros (18 a 24/10).


“Quando analisamos os dados do país como um todo é possível observar essa tendência de redução dos números de casos e óbitos na maior parte do Brasil. Os números vêm caindo a cada semana. Temos que agradecer aos profissionais de saúde, que estão à frente e dedicam todo o tempo para essa nova realidade”, disse o secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros.


Outro tema abordado na CIT foi a vigilância laboratorial do novo coronavírus. Desde o início da pandemia, em março de 2020, o diagnóstico laboratorial se destacou como uma ferramenta essencial para confirmar os casos e, principalmente, para orientar estratégias de atenção à saúde, isolamento e segurança para profissionais de saúde. O Ministério da Saúde está realizando todas as ações necessárias para garantir a continuidade das testagens nos estados.  


Entre as ações para ampliar as testagens, a pasta lançou o Programa Diagnosticar para Cuidar que busca a ação integrada da Vigilância em Saúde e da Atenção Primária e Especializada à Saúde para identificar e tratar precocemente os casos de Síndrome Gripal e Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e diagnosticar laboratorialmente a Covid-19. Além disso, foi ampliada a recomendação de testagem para todos os casos suspeitos de Covid-19 e para profissionais de saúde.


Até 24 de outubro, foram distribuídos quase 8 milhões de testes RT-qPCR para todos o país. Já foram realizados mais de 17 milhões de exames para Covid-19, entre PCR e sorológicos. Nas últimas cinco semanas (Semanas Epidemiológicas 37 a 41) foram realizados uma média de 27 mil exames por dia.


REFORÇO NAS ENTREGAS PARA O ENFRENTAMENTO À COVID-19


EPI


Mais de 300 milhões de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) já foram distribuídos para garantir a proteção dos profissionais de saúde que atuam na linha frente do combate à Covid-19 no Brasil. São máscaras, aventais, óculos e protetores faciais, toucas, sapatilhas, luvas e álcool. A medida é mais uma ação do Governo Federal para reforçar a segurança do atendimento na rede de saúde pública dos estados e municípios brasileiros.


RECURSOS


O Ministério da Saúde já destinou aos 26 estados e o Distrito Federal R$ 177,3 bilhões, sendo que desse total foram R$ 133,1 bilhões para serviços de rotina do SUS, e outros R$ 44,2 bilhões para a Covid-19. A pasta da Saúde vem apoiando os estados e municípios na compra e entrega de equipamentos, habilitação de leitos de UTI e enviando recursos para o enfrentamento da Covid-19.


VENTILADORES PULMONARES


O Brasil conta agora com o reforço de 11.661 ventiladores pulmonares entregues pelo Ministério da Saúde para auxílio no atendimento aos pacientes com Covid-19. Os equipamentos foram entregues em todos os estados e no Distrito Federal. A distribuição para os municípios e unidades de saúde é de responsabilidade de cada estado, conforme planejamento local.


LEITOS


O Ministério da Saúde já atendeu os estados e habilitou 1.407 leitos de suporte ventilatório para Covid-19, com um repasse de R$ 20,2 milhões.


MEDICAMENTOS


O Ministério da Saúde tem realizado também a distribuição de medicamentos conforme as solicitações dos estados. Até o momento, foram distribuídos cerca de 24 milhões de medicamentos. Sendo 5,8 milhões de unidades de cloroquina e aproximadamente 18 milhões de Oseltamivir. A distribuições ocorreram em todos os estados brasileiros com investimento de mais de R$ 67 milhões.


Para alinhar as estratégias de vendas e distribuição dos medicamentos, o Ministério da Saúde informa semanalmente o Consumo Médio Mensal e os estoques em dias de coberturas por medicamentos por estado.  


Ainda de acordo com o balanço de entregas da pasta da Saúde, foram atendidas as demandas dos estados para Hidroxicloroquina. Ao todo foram distribuídos 289 mil comprimidos em 11 municípios para oito estados.


TRANSPARÊNCIA


A população pode acompanhar o quantitativo de recursos dispensados pelo Ministério, a quantidade de EPI, medicamentos, testes e outros itens distribuídos a cada estado pelo Localiza SUS - painel on-line criado para dar transparência às ações no combate à Covid-19. Na plataforma também é possível acompanhar a quantidade de leitos habilitados, testes entregues e insumos disponibilizados.

FONTE: Agência Saúde

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium