Quinta, 24 de junho de 2021
(67) 9-9959-0792
Brasil

03/06/2021 às 20h03

220

Redação

Campo Grande / MS

Exército decide não punir o general Pazuello
Decisão está em nota à imprensa que diz que argumentos apresentados pelo ex-ministro da Saúde foram aceitos
Exército decide não punir o general Pazuello
Foto Reuters

O comando do Exército anunciou nesta quinta-feira (3) que o general Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde, não sofrerá punição por ter participado de um ato com o presidente Jair Bolsonaro no Rio de Janeiro em 23 de maio.


Em nota, a justificativa é que "o Comandante do Exército analisou e acolheu os argumentos apresentados por escrito e sustentados oralmente pelo referido oficial-general. Desta forma, não restou caracterizada a prática de transgressão disciplinar por parte do general Pazuello. Em consequência, arquivou-se o procedimento administrativo que havia sido instaurado".


Leia abaixo a íntegra da nota:


Nota a imprensa


Acerca da participação do General de Divisão EDUARDO PAZUELLO em evento realizado na Cidade do Rio de Janeiro, no dia 23 de maio de 2021, o Centro de Comunicação Social do Exército informa que o Comandante do Exército analisou e acolheu os argumentos apresentados por escrito e sustentados oralmente pelo referido oficial-general.


Desta forma, não restou caracterizada a prática de transgressão disciplinar por parte do General PAZUELLO.


Em consequência, arquivou-se o procedimento administrativo que havia sido instaurado.


Brasília-DF, 3 de junho de 2021


CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DO EXÉRCITO

FONTE: Portal R7

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2021 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium