Quinta, 24 de junho de 2021
(67) 9-9959-0792
Campo grande

10/06/2021 às 12h29

68

Redação

Campo Grande / MS

Evander Vendramini pretende simplificar Registro de Contribuintes em MS
Requerimento foi apresentado na manhã desta quinta-feira, 10, durante sessão plenária na ALMS
Evander Vendramini pretende simplificar Registro de Contribuintes em MS
Foto Arquivo
O deputado estadual Evander Vendramini (Progressistas) apresentou requerimento na manhã desta quinta-feira, 10, durante sessão plenária, para que o Estado realize em sua totalidade a implementação da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Contribuintes, Empresas e Negócios (Redesim). A solicitação foi encaminhada ao Governo do Estado e à Secretaria de Estado de Fazenda de Mato Grosso do Sul.

Com a vigência da Lei Estadual 11.598/2007, que permite a abertura, fechamento, alteração e legalização de empresas em todas as Juntas Comerciais do Brasil por meio da Redesim, torna-se necessária sua implantação no Estado a fim de facilitar os trâmites legais. “O sistema simplifica procedimentos e reduz a burocracia ao mínimo necessário para abertura de empresas, além de diminuir o tempo e o custo para o registro e sua legalização”, justificou o parlamentar.

Conforme explicou Evander, o futuro contribuinte vai interagir presencialmente apenas junto à Junta Comercial de Mato Grosso do Sul (Jucems). Todos os passos posteriores serão efetuados após seu cadastro via WEB. “Esse sistema fará a integração de todos os processos dos órgãos e entidades responsáveis pelo registro, inscrição, alteração e baixa das empresas, por meio de uma única entrada de dados e de documentos, acessada via internet”, esclareceu.

O deputado informou ainda que, com a Redesim, os usuários também poderão obter informações e orientações pela internet ou de forma presencial do acesso a dados de registro ou inscrição, alteração e baixa de empresários e pessoas jurídicas. “O sistema usa pesquisas prévias para a constituição ou alteração de empresas. Essas informações serão suficientes ao usuário saber se há possibilidade daquela atividade no local escolhido pelos órgãos e entidades competentes”.

Todo esse processo informatizado, linear e único é composto pelos sistemas das instituições que dele participam com comunicação automática. Entre os parceiros, encontram-se os órgãos de registro (Juntas Comerciais, Cartórios de Registro Civil de Pessoas Jurídicas e OAB), as administrações tributárias no âmbito federal, estadual e municipal e os órgãos licenciadores, em especial o Corpo de Bombeiros, a Vigilância Sanitária e o Meio Ambiente.

FONTE: Adriana Viana

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2021 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium