Segunda, 16 de maio de 2022
(67) 9-9959-0792
Rio Verde

10/01/2022 às 13h15 - atualizada em 10/01/2022 às 14h28

134

Redação

Campo Grande / MS

Carnaval popular de Rio Verde terá restrições este ano
Em entrevista abordando vários assuntos, o prefeito Réus Fornari, lembrou que sua gestão não irá prejudicar, com isso, o comércio; “tomaremos algumas medidas para manter um clima de carnaval para as pessoas que gostam de brincar e aos turistas que visitam Rio Verde”, lembrou
Carnaval popular de Rio Verde terá restrições este ano
Foto Yhgor Chagas

Na manhã desta segunda-feira, 10, o prefeito de Rio Verde, Réus Sabedotti Fornari (DEM), concedeu uma entrevista coletiva à imprensa quando, na oportunidade anunciou as medidas a serem tomadas este ano por sua gestão.


No combate ao ressurgimento de casos da covid-19 e do surto da gripe causada pelo vírus da Influenza o H3N2, o gestor reconheceu que a saúde do município passa por uma fase preocupante, mas avaliou que a à questão é generalizada no Brasil.


“Difícil você ver em uma família onde praticamente todos em situação gripal. Com essa situação alguns colocam uma pressão maior, uns apavorando mais, outros menos, em busca de atendimento médico. Natural, a pessoa quer saber o que está acontecendo, mesmo porque os sintomas da gripe e da covid são quase parecidos. Mas graças a Deus estamos percebendo que 90% dos casos indicam gripe forte”, esclareceu Fornari.


Segundo ele, todas as questões atinentes à prevenção foram tomadas, incluindo as providências para aumentar a testagem da covid.


“E graças a Deus os resultados dos exames estão indicando sintomas fracos e sem nenhuma preocupação. Por conta disso devemos aumentar os cuidados e procurar o nosso sistema de saúde aos primeiros sintomas. Mas acreditamos que o quadro atual não passa mesmo de uma síndrome gripal”, recomendou o gestor democrata, lembrando que a ciência aponta que a covid não vai mais sair do dia a dia da população mundial.


“O que não podemos é deixar de continuar a vida por conta disso. Basta continuar tomando os devidos cuidados”, salienta o prefeito.


Fornari pediu paciência ao povo, lembrando que o hospital está com um atendimento diário de 170 contra uma média de 30 pessoas meses atrás.


“É muita gente. Por mais que busquemos estruturar nosso sistema de saúde, fica muito difícil você dar uma assistência de maior qualidade, apesar que entendemos que a pessoa está nervosa, precisando de atendimento médico, e isso é normal, mas pedimos paciência porque a situação está difícil até mesmo nos grandes hospitais da capital. Vamos procurar manter a calma porque dentro das nossas condições iremos fazer o máximo para atender todos”, lamentou o prefeito.


Carnaval


Assim como vem acontecendo no Brasil, o prefeito Réus Fornari anunciou que este ano não haverá o tradicional carnaval popular na Praça das américas.


Salientou, no entanto, que para ajudar o funcionamento do comércio estuda, juntamente com sua equipe, algumas medidas para manter um clima de carnaval para as pessoas que gostam de brincar e aos turistas que visitam Rio Verde.


“Estamos pensando em colocar uma banda para tocar músicas carnavalescas e assim criar um clima em volta da praça. Maldosamente algumas pessoas estão dizendo que a volta da covid e o surto de gripe se deu por conta dos festejos de final de ano. Mas, e nas outras cidades, que não tiveram festejos e estão registrando casos de covid e gripe? Não tem nada a ver uma coisa com a outra. Vamos parar de torcer pelo pior, gente”, apontou o prefeito Réus Fornari.


Presente à coletiva, ao lado do secretário de Gestão Armando da Fonseca, o secretário municipal de Saúde, Roberto Martins, revelou que o município registra 17 casos de covid, porém sem internamento. O mesmo ocorrendo com o surto da gripe.


Martins esclareceu, ainda, que a demora no atendimento no hospital às vezes é por conta que chega paciente esfaqueado ou baleado.


“Mas as equipes não deixam de ficar ansiosas para atender todos o mais rápido possível. Entendemos que a doença deixa as pessoas apreensivas, mas recomendamos que busquem manter a calma porque atenderemos a todos. Temos medicamentos para todos. Solicitamos a população que não se descuide dos cuidados sanitários recomendados e busque a vacinação contra a covid”, enfatizou Roberto Martins.


“Estamos trabalhando muito para melhorar nosso sistema de saúde que atende desde o mendigo ao mais forte da cidade, sem cobrar nada. Estamos buscando um caminho para que tenhamos no nosso hospital um ponto de equilíbrio para todos”, emendou salientando que, em parceria com o Governo do Estado, sua gestão fará uma grande reforma no hospital municipal e que tem quase concluso, um projeto de construção de um novo hospital, num prazo de 2 anos. “Queremos tranquilidade para trabalhar pois só assim conseguiremos avançar”, disse.


Mutirão


O prefeito anunciou, na coletiva, que em breve sua gestão fará uma grande campanha para um mutirão de limpeza em Rio Verde.


Para tanto, revelou que contará com o auxílio das máquinas do empresário Natel Moraes, com quem manterá reuniões para traçar o plano de trabalho.


“Faremos, sim, um mutirão de limpeza em nossa cidade. A colaboração da população nessa empreitada será de grande valia, com cada um fazendo a sua parte, limpando seus quintais, se Deus quiser vamos sair dessa”, resumiu o prefeito Réus Fornari.


COINTA


Na coletiva o prefeito Réus lembrou que participou, recentemente, em Coxim, ao lado de prefeitos da região Norte, de uma reunião do COINTA - Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Sustentável da Bacia Hidrográfica do rio Taquari.


“Ficou acertado que os prefeitos farão parte do Conselho da Fundação o Regional. A partir daí com certeza vai melhorar a condição do hospital, acelerando a demanda dos pacientes a Campo Grande. Quando o assunto é vida, não há discussão, é dizer sim e sim. Em nível de Cointa queremos realizar convênios com particulares para que possamos ter uma receita melhor, dentro de uma condição melhor para atender as pessoas revelou o gestor.


OBRAS


Finalizando a coletiva o prefeito Réus Sabedotti Fornari lembrou que ao lado do “seo” Zé assumiu a administração numa situação complicada, com dificuldades saltando aos olhos em todos os setores de Rio Verde. E deu como exemplo as ruas.


“Tenho andado pelas ruas da cidade e a dificuldade é muito grande. Nossas ruas estão um flagelo. Onde tem asfalto está pior onde não tem. Mas não tenho como resolver isso em toque de caixa. Não podemos sair tapando um buraco aqui outro ali porque na primeira chuva forte o buraco volta e pior. Não podemos e não queremos repetir os erros do passado desperdiçando dinheiro público. Vamos com calma, me ajudem a ter essa tranquilidade para que possamos avançar. Peço muita colaboração a nossa população. Isso não é desculpa, não. Quero a colaboração para que possamos avançar fazendo as coisas com qualidade, para que elas fiquem por muito tempo, sem abusar do dinheiro público que não é meu e sim de vocês. Não quero fazer nada só para o inglês ver. Podem ter a certeza que teremos um 2022 com muitas novidades para a nossa população”, sintetizou Réus Fornari.

FONTE: Luiz Carlos Atagiba

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2022 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium