Segunda, 16 de maio de 2022
(67) 9-9959-0792
Sonora

12/01/2022 às 12h01

81

Redação

Campo Grande / MS

Prefeitura oferece teste de leishmaniose visceral canina na Vigilância em Saúde
A leishmaniose visceral canina popularmente conhecida como Calazar é uma doença infecciosa não contagiosa transmitida tanto aos cães quanto aos seres humanos
Prefeitura oferece teste de leishmaniose visceral canina na Vigilância em Saúde
Foto Arquivo
A Prefeitura de Sonora, por meio da Gerência Municipal de Saúde, está oferecendo testes gratuitos de Leishmaniose Visceral Canina.

O tutor que tiver interesse em testar seu animal deve procurar a Vigilância em Saúde, localizada na Rua das Aroeiras, n° 725, de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h.

A leishmaniose visceral canina popularmente conhecida como Calazar é uma doença infecciosa não contagiosa transmitida tanto aos cães quanto aos seres humanos. 

O contágio ocorre pela inoculação do protozoário leishmania infantum chagasi através da picada de um inseto conhecido como mosquito-palha ou birigui. 

O protozoário causador da doença parasita as células de defesa do organismo do cão ou do homem causando uma série de problemas e levando a alterações de órgãos vitais. As crianças são as principais vítimas da Leishmaniose, que é uma doença crônica que se não tratada pode levar à morte na maioria dos casos. 

Para evitar a proliferação deste mosquito é importante que a população mantenha os quintais livres de matéria orgânica como folhas, fezes de animais, restos de comida, já que são nesses materiais que as fêmeas do inseto põem seus ovos e geram uma grande quantidade de novos mosquitos que transmitem a doença para pessoas e cães.

É indicado também que seja realizada a poda de árvores regularmente mantendo o ambiente com luminosidade entre outras recomendações.

Os animais doentes podem apresentar fraqueza, emagrecimento, problemas de pele, crescimento anormal das unhas e alteração no funcionamento de vários órgãos e sistemas. 

Vale lembrar que a Leishmaniose Visceral Canina é uma doença de evolução crônica e alguns animais infectados podem não apresentar nenhum sintoma.

FONTE: Da Assessoria

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2022 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium