Sábado, 18 de agosto de 2018
(67) 9-9959-0792
Rio Negro

12/05/2017 às 00h43

55

Redação

Campo Grande / MS

Diretores do sindicato visitam unidade bancária assaltada
Informações extraoficiais dão conta que foram levados mais de 180 mil reais do cofre interno da unidade
Diretores do sindicato visitam unidade bancária assaltada

Os diretores do Sindicato dos Bancários de Campo Grande-MS e Região foram, na última quarta-feira (10), até o posto de atendimento do Banco do Brasil, em Rio Negro, em solidariedade aos bancários que tiveram seu local de trabalho invadido durante a madrugada do último sábado (6).


Os dirigentes sindicais, Orlando de Almeida, Luciana Rodrigues e Rubens Alencar, foram acompanhar o andamento da recuperação e analisar as condições de trabalho dos funcionários. O cofre interno do banco, um caixa eletrônico e a fiação foram destruídos, impossibilitando o funcionamento da unidade. O Banco do Brasil é a única unidade financeira da cidade de Rio Negro, mas deixou de ser agência com a reestruturação e se tornou um Posto de Atendimento, diminuindo a segurança do local. “Queremos atendimento psicológico para os trabalhadores. Eles estão muito assustados, inclusive com medo de sequestro. Precisamos pensar primeiro na segurança física e emocional deles. Trouxemos nossa solidariedade, bem como cobrança de mais segurança e cuidados médicos para os funcionários. Já estamos cobrando e denunciando o pouco investimento na segurança bancária”, denuncia o secretário de Assuntos Jurídicos do sindicato e funcionário do BB, Orlando de Almeida.


Orlando lembra ainda que a reestruturação dos bancos públicos penaliza os trabalhadores com a falta de segurança, além de precarizar o serviço bancário. “Aproveitamos e falamos também sobre os perigos das reformas trabalhista e da Previdência e do desmonte dos bancos públicos”, complementa.


“Reafirmamos a nossa solidariedade e cuidado com os interesses dos bancários. Estamos aqui e continuaremos defendendo os trabalhadores”, afirma a secretária de Administração do sindicato e funcionária do BB, Luciana Rodrigues.


“Já realizamos uma audiência pública na Assembleia Legislativa para discorrer sobre a segurança bancária. E o sindicato está à frente de um grupo de trabalho para a elaboração de um projeto de lei, junto ao mandato do deputado João Grandão (PT), para ser apresentado na Assembleia”, lembra o diretor do sindicato e funcionário do BB, Rubens Jorge Alencar. Os diretores inclusive já cobraram uma providência da Superintendência Estadual e da Gestão de Pessoal do BB.

FONTE: Daiana Porto

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium