Terça, 23 de julho de 2024
(67) 9-9959-0792
Campo grande

09/07/2024 às 10h25

Redação

Campo Grande / MS

Prefeitos têm até 31 de julho para preencherem questionários do IEGM
Para isso, já foram enviados aos prefeitos e controladores internos, por meio eletrônico, os questionários padronizados, que devem ser preenchidos com as informações de seus respectivos municípios, referentes ao exercício de 2023
Prefeitos têm até 31 de julho para preencherem questionários do IEGM
Foto Divulgação

Comprometido com a melhoria da qualidade da gestão pública, o Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul alerta para que prefeitos municipais, ou pessoas por eles designadas, preencham os questionários para a apuração do Índice de Efetividade e Gestão Municipal (IEGM). O prazo limite encerra este mês, dia 31 de julho de 2024.


O IEGM tem como objetivo reunir dados e informações específicas de cada município para garantir a melhoria da atuação do controle externo, apreciando a efetividade da gestão municipal em sete questionários com áreas temáticas - educação, saúde, planejamento, gestão fiscal, meio ambiente, governança em tecnologia da informação e defesa das cidades.


Para isso, já foram enviados aos prefeitos e controladores internos, por meio eletrônico, os questionários padronizados, que devem ser preenchidos com as informações de seus respectivos municípios, referentes ao exercício de 2023.


Conforme explica a chefe interina da Consultoria de Gestão Estratégica, Ariene Castro, o período de avaliação, no âmbito dos municípios de Mato Grosso do Sul, teve início no dia 1º de maio de 2024. “Até a última segunda-feira, 8 de julho, verificamos que somente seis, dos 79 municípios, concluíram os sete questionários que compõem o indicador”. Ela ainda alerta que o não atendimento ao preenchimento dos questionários até a data limite, 31 de julho, poderá incorrer na aplicação de multa e responsabilização aos gestores municipais.


Ariene também destaca que no âmbito do TCE-MS, a participação dos municípios do Estado tem sempre se aproximado de sua totalidade. “O IEGM é, sem dúvida, um importante instrumento para avaliação do esforço municipal em prover políticas e serviços públicos efetivos e de qualidade para a população local. E, por isso, o TCE-MS com o compromisso dos gestores municipais para que neste ano, possamos repetir a boa participação que foi no ano passado”.


Dentre as novidades, trazidas pelo Instituto Rui Barbosa, está a utilização de uma nova ferramenta nacional, que vai garantir a unificação dos dados em um único ambiente, dando maior credibilidade ao indicador.

FONTE: Olga Cruz

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2024 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium