Quarta, 14 de novembro de 2018
(67) 9-9959-0792
Automobilismo

30/10/2017 às 09h41

176

Redação

Campo Grande / MS

Alonso: "Título de Hamilton foi muito fácil"
”: “Tomara que possamos dar mais dificuldades em 2018”, diz bicampeão
Alonso:

Fernando Alonso avaliou que Lewis Hamilton teve um caminho “muito fácil” até o título da temporada 2017 da F1. No domingo (29), o britânico conquistou o título de forma antecipada ao abrir 56 pontos de vantagem para Sebastian Vettel, o segundo colocado.


Durante boa parte da temporada, Hamilton e Vettel travaram uma disputa acirrada, mas o britânico ganhou fôlego extra nesta reta final da disputa, enquanto o germânico enfrentou uma série de problemas.


Alonso, porém, acha que Hamilton não sofreu o bastante para chegar ao tetracampeão e lembrou que a disputa com Nico Rosberg no ano passado foi bastante mais difícil.


O asturiano, que no fim de semana classificou o chassi da Mclaren como o melhor do grid, torceu para que a mudança do time de Woking de Honda para Renault em 2018 dê a Hamilton um novo desafio.


“Este ano foi muito fácil”, insistiu. “A Mercedes foi campeã de Construtores com quatro corridas para o fim, Hamilton foi campeão entre os pilotos três corridas antes do fim”, seguiu.


“Tomara que McLaren-Renault mude este momento fácil para eles”, declarou.


Largando em 18º no México por conta de punições, Alonso escalou o pelotão até o décimo posto e travou uma dura batalha com Lewis.


“Acho que foi bom ― no geral, começamos em último, terminamos na zona de pontuação, o que é uma boa meta para nós”, avaliou. “Acho que tivemos velocidade durante todo o fim de semana, o carro seguiu parecendo bom, um manejo muito bom, e um bom equilíbrio durante a corrida”, continuou.


“Acho que nos faltou um pouco de velocidade em linha reta para atacar ou defender, então ficamos atrás da Sauber [de Marcus Ericsson] por metade da corrida e aí não pudemos passar [Kevin] Magnussen. E nós somos muito vulneráveis quando estamos na frente das pessoas”, admitiu. “No final, com Hamilton, assim que você começa a batalhar, falta um pouco de velocidade em linha reta. Nós tentamos frear um pouco mais tarde o tempo todo, tentamos defender a posição, mas não foi possível”, comentou.


Questionado se a disputa tinha sido uma forma de lembrar o agora tetracampeão de sua capacidade como piloto, Alonso respondeu: “Acho que ele sabe. Ele sabe. Ele também sabe o quão forte é o carro da McLaren nas curvas, ele também viu isso hoje”.


“Acho que no próximo ano, tomara que possamos dar mais dificuldades para ele”, concluiu.


 


 

FONTE: Grande Prêmio

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium