Quinta, 16 de agosto de 2018
(67) 9-9959-0792
Rio Verde

17/11/2017 às 12h23

55

Redação

Campo Grande / MS

Fiscalização encontra irregularidades trabalhistas na Fênix
Fiscalização encontra irregularidades trabalhistas na Fênix

Uma fiscalização feita hoje, 17, na Cerâmica Fênix, encontrou várias irregularidades. A ação na empresa envolve o SINTRACOM (Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil e no Mobiliário de Campo Grande), CUT-MS, e STICO (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Cerâmica e Olaria de Rio Verde).


A Cerâmica Fênix emprega cerca de 100 homens e 30 mulheres, que estão com os salários atrasados. “Muitas pessoas ainda não receberam o décimo-terceiro salário de 2016. Neste caso, já havíamos combinado com a empresa o parcelamento mas a Cerâmica não cumpriu o acordo”, explica José Abelha, presidente do Sintracom.


Segundo Abelha, os funcionários também correm o risco de acidentes de trabalho porque a empresa não tem disponibilizado equipamentos de proteção individual e coletiva.


A Cerâmica também não tem feito o depósito do FGTS e do INSS, motivo de ações que já tramitam na Procuradoria Regional do Trabalho.


Os sindicalistas se reuniram com a direção da empresa que se comprometeu a pagar parte dos atrasados até amanhã e o restante na próxima semana. “A empresa também garantiu que vai corrigir os erros referentes à saúde e segurança do trabalhador”, conclui Abelha.


Foto SINTRACOM


 

FONTE: Marcos Anelo

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium