Segunda, 20 de agosto de 2018
(67) 9-9959-0792
Corumbá

04/06/2018 às 09h00

75

Redação

Campo Grande / MS

Prefeitura trabalha para garantir nível de excelência em escolas da REME
Prefeitura trabalha para garantir nível de excelência em escolas da REME

A qualidade cada vez maior do ensino da Rede Municipal para atingir nível de excelência aos alunos e professores é uma das determinações do prefeito Marcelo Iunes à Secretaria Municipal de Educação. Para o alcance da meta estipulada pelo chefe do Executivo, o Município já desenvolve uma série de ações. O modelo de excelência a ser alcançado, num primeiro momento, tem como base a Escola Municipal Barão do Rio Branco.


De acordo com o secretário municipal de Educação, Genilson Canavarro de Abreu, a qualificação cada vez maior do ensino público corumbaense reflete diretamente no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) da escola. O Ideb é o principal indicador da qualidade do ensino básico no Brasil.


"Trabalhamos com a parte motivacional; estímulo e gestão escolar para darmos qualidade de excelência à educação do Município. Conversamos com os gestores para avaliarmos a aplicação dos recursos, atingirmos metas e trabalhar com o sistema educacional que queremos implantar na Rede Municipal de Ensino (REME)", disse o secretário de Educação. Ele explicou também que da pré-escola ao 9° ano o sistema pretendido trabalha fortemente o preceito da interpretação pelo aluno. "É um método para que a criança interprete. Um questionamento interpretativo desde a pré-escola", disse.


Todo o processo de qualificação do ensino que vai alcançar as 35 escolas da Rede Municipal - urbanas e rurais - acontece paulatinamente, de maneira planejada. "Esse processo é gradativo e está sendo implantado pela administração Marcelo Iunes", informou ao antecipar que as formações a partir de agora terão o direcionamento para essa parte pedagógica.

Genilson esclareceu que o prefeito determinou o início desse processo com a qualificação da estrutura das unidades escolares. "O projeto prevê que façamos um trabalho nas partes de limpeza, estrutural, física e de pintura", disse ao avaliar que tudo isso desperta nos alunos "a motivação para estudar naquela escola".


Para garantir esse padrão de excelência, o modelo escolhido como referência foi a escola Barão do Rio Branco porque aquele estabelecimento de ensino já respira em seu cotidiano condições relacionadas ao "bom ensino e boa estrutura" para que os alunos possam estudar e professores e servidores possam trabalhar.


"Na escola Barão do Rio Branco temos, por exemplo, todas as salas com televisões LED. A tecnologia hoje impera e estamos estudando a situação de como fazer. Trabalhamos a articulação de emendas parlamentares. Temos também quadros de vidro para evitar pó de giz; que atendem, inclusive, questão de saúde de alunos e professores. Também trabalhamos a instalação de frigobar em todas as salas de aula das escolas da REME. pelo que sei, o Barão é a primeira escola pública de Corumbá a ter frigobar, inclusive entre as particulares. Mato Grosso do Sul [rede estadual] também não tem, no Brasil não tenho conhecimento", disse o secretário municipal de Educação. Ele salientou que climatização todas as unidades de ensino do Município já têm, o que precisa é manutenção periódica. "Estamos trabalhando para isso, a Prefeitura tem empresa contratada por licitação. Estamos mapeando a situação para ver o cronograma de atuação", completou.


Condições elevam Ideb
De acordo com o secretário todos esses itens estruturais, aliados à qualidade do ensino resultam claramente numa elevação dos índices do Ideb, o que já acontece no Barão do Rio Branco no 4° ao 5° anos e do 8° ao 9° anos do Ensino Fundamental. Nas duas situações, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica da escola superou agora as metas estipuladas pelo Ministério da Educação (MEC) para 2021.


"Esse processo gradativo de qualificação reflete na melhoria do Ideb. O MEC mostra que houve avanços significativos no caso da escola Barão do Rio Branco, que foi mudando de patamar a cada dois anos, que é o período que é avaliado o Ideb. Trabalhou-se a parte estrutural e pedagógica, uma ligada à outra. Esse estímulo que estamos trabalhando na REME. Precisamos fazer com que seja retomado o estímulo das crianças estarem na escola, de gostarem da escola, de querer estar na escola, aprender, valorizar e vivenciá-la. Encontramos uma receita e outros gestores também podem ter outras receitas pra isso. Temos um caminho para melhorarmos o Ideb das escolas da REME de Corumbá", finalizou o secretário municipal de Educação. A REME conta com aproximadamente 15 mil alunos matriculados.



 

FONTE: Assessoria PMC

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium