Segunda, 22 de abril de 2019
(67) 9-9959-0792
Geral

05/02/2019 às 09h44

62

Redação

Campo Grande / MS

Operação verifica qualidade do transporte intermunicipal na região Norte
A região norte recebeu operação especial de fiscalização no transporte rodoviário intermunicipal de passageiros no último fim de semana. Durante dois dias, a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan) fez verificação direcionada na prestação do serviço nos municípios Jaraguari, São Gabriel do Oeste, Coxim, Sonora, Alcinópolis e Pedro Gomes.
Operação verifica qualidade do transporte intermunicipal na região Norte
Foto Divulgação

A região norte recebeu operação especial de fiscalização no transporte rodoviário intermunicipal de passageiros no último fim de semana. Durante dois dias, a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan) fez verificação direcionada na prestação do serviço nos municípios Jaraguari, São Gabriel do Oeste, Coxim, Sonora, Alcinópolis e Pedro Gomes.


Na primeira fiscalização, 12 veículos foram abordados e houve duas autuações. Um operador autônomo da linha Coxim-Campo Grande foi autuado e multado por não emitir os bilhetes individuais de passagem. Outro autuado foi um micro-ônibus que transportava trabalhadores, a serviço de uma empresa. O serviço se enquadra na categoria de “locação de veículo com motorista”, mas o veículo não está devidamente credenciado na Agepan.


Na operação, os fiscais ainda checaram o serviço autônomo das linhas Sonora – Coxim, Coxim – Alcinópolis, e Pedro Gomes – Coxim, e verificaram o atendimento das concessionárias. Nesses casos, não foram constatadas irregularidades. 


Vistoria veicular


Outro resultado da operação fiscalizatória na região norte foi a identificação de ônibus sem condições de operar no serviço de fretamento. Em vistoria veicular na frota de 15 ônibus de duas empresas em São Gabriel do Oeste, seis veículos de uma das empresas foram reprovados.


Os fiscais constataram defeitos em equipamentos obrigatórios, poltronas danificadas, estado de conservação inadequado e outros problemas que comprometiam a qualidade do serviço ou até poderiam colocar em risco a integridade dos passageiros. Os ônibus somente poderão voltar a rodar após os reparos determinados pela Agência Reguladora.

FONTE: Gizele Oliveira

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium