Sexta, 24 de janeiro de 2020
(67) 9-9959-0792
Carnaval

05/03/2019 às 13h44

151

Redação

Campo Grande / MS

Vila apresenta história de Ladário e se credencia ao título
A Comissão de Frente apresentou ‘Guerreiros Guatós’. Composta por 12 bailarinos, teve como propósito representar a civilização nativa que habitava as terras pantaneiras
Vila apresenta história de Ladário e se credencia ao título
Foto Renê Márcio Carneiro

A Unidos da Vila Mamona, penúltima escola a desfilar, já na madrugada da terça feira, 05 de março, contou a história da cidade de Ladário, a Pérola do Pantanal, vizinha de Corumbá, com o enredo “No vôo da águia uma linda pérola a se contemplar: Ladário de belezas raras e povo altaneiro, onde cancioneiros do brasil inteiro vem se inspirar”. 


A Comissão de Frente apresentou ‘Guerreiros Guatós’. Composta por 12 bailarinos, teve como propósito representar a civilização nativa que habitava as terras pantaneiras. Seus componentes interagiram com elementos cenográficos, seis ocas de palha com rodinhas. 


Na ala das Baianas, escola retratou ‘A Sagrada Mãe Natureza’, ressaltando a importância da biodiversidade da maior biodiversidade mundial, o pantanal sul mato-grossense também encontrado na cidade de Ladário. Os encantos da noite Ladarense, a noite em céu aberto onde a população se reúne na praça para contar histórias foram mostrados na ala Noite Estrelada.. 


Carro ‘Solo Pantaneiro, terra Verde por Natureza’ trouxe esculturas de pequeno e médio porte, representando as aves como tuiuiú, tucano e, também, a onça pintada que é um animal temido na região. O casal de mestre-sala e porta-bandeira, Carlinho Joia e Adry Simpatia, simbolizaram um beija flor querendo beijar a flor . 


Ala Ladário, Pérola do Pantanal, representou a cidade homenageada. Trouxe em sua fantasia a numeração 14 que representa a avenida mais importante da cidade (14 de Março). Ala Corumbá fez referência a cidade coirmã, Corumbá e o laço estreito e a aliança de respeito que as une. 


Carro ‘Encantos e Riquezas’ exibiu os pontos turísticos mais relevantes da cidade de Ladário, como a Maria Fumaça, Igreja Nossa Senhora dos Remédios, Portal do Arco do Triunfo, e o Cristo Redentor. 


Outra alegoria, ‘Uma tarde de Jogos’, enalteceu o hábito dos ladarenses de se reunirem para jogar partidas de forma coletiva de jogos de cartas e tabuleiros. Lembrou as tardes dos finais de semana daqueles que se reúnem nas praças da cidade para tais partidas. 


Com homenagem ao Atlético Futebol Club, time de futebol da cidade, que em 1926 venceu o campeonato levando o título das mãos de Corumbá, a sua cidade vizinha, a Vila Mamona encerrou seu desfile.

FONTE: Assessoria PMC

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium