Segunda, 20 de maio de 2019
(67) 9-9959-0792
Cidades

15/05/2019 às 09h26

15

Redação

Campo Grande / MS

Creches e escolas públicas de Nova Alvorada terão câmeras de monitoramento
É o que prevê projeto do vereador Israel de Souza
Creches e escolas públicas de Nova Alvorada terão câmeras de monitoramento
Foto Assessoria

O Vereador Israel Gomes de Souza (PSD) obteve êxito em seu Projeto de Lei nº 004/2019 que dispõe sobre a instalação de câmeras de monitoramento de segurança nas creches e escolas públicas de Nova Alvorada do sul.



A Sessão Ordinária do último dia 30 registrou a 2º votação e aprovação do projeto conforme define o Regimento Interno do Poder Legislativo. A primeira votação transcorreu-se dia 23 recebendo amplo respaldo dos demais pares.



O objetivo do projeto é garantir a integridade e a segurança dos alunos, professores e servidores das creches e escolas públicas do município.



Segundo o vereador, a instalação dos equipamentos de segurança visa contribuir preventivamente contra qualquer ato de vandalismo, além de desestimular ações criminosas dentro e fora das escolas.



“Os atuais índices de criminalidade amedrontam cada vez mais a população. Hoje, não se vive sem o medo constante da violência. É necessário estabelecer um sentimento de segurança, pois a insegurança tem reinado dentro e fora dos estabelecimentos de ensino com relatos de mútuas agressões entre alunos e professores; razões estas que julgamos necessário a adoção de medidas por parte dos poderes para coibir tais atos”, disse Israel.



O vereador pautou no projeto a prevenção que a lei trará contra o aliciamento dos jovens e adolescentes com relação às drogas e o seu comércio nas imediações das escolas, pois está comprovado que o monitoramento por câmeras de vídeo é um instrumento eficaz no combate a violência, vandalismo e a criminalidade. Outro fator considerável sobre o projeto é a definição do local de instalação das câmeras, tendo em vista que elas serão dispostas no hall de acesso (entrada) das unidades de ensino, pátios de convivência comum e dentro das salas de aula, condição esta que também estará por auxiliar na constatação de ações de bullyng.



“Estamos diante de um significativo avanço no processo de convivência entre corpo docente, discente, pais e responsáveis dos alunos que terão na tecnologia uma ferramenta que pode desestimular a ação de vândalos, dos traficantes e outras situações que fogem dos padrões normais. Nós, cidadãos comuns, que confiamos nossos filhos aos cuidados da municipalidade enquanto dentro das escolas, precisamos voltar a respirar um pouco mais de tranquilidade e segurança e este projeto vem de encontro ao clamor da população que tem convivido diariamente com temor e insegurança”, concluiu Israel.



O Projeto de Lei nº004/2019 segue agora ao Executivo Municipal para ser sancionado.

Com informaações de Carlos Luquetti

FONTE: Denise Nantes

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium