domingo, 22 de setembro de 2019
(67) 9-9959-0792
Geral

14/06/2019 às 12h05

42

Redação

Campo Grande / MS

Depressão: Saiba quando procurar ajuda
A depressão não é tratada apenas com medicamentos, pois os fatores psicológicos e sociais são afetados
Depressão: Saiba quando procurar ajuda
Foto Divulgação

Sentir-se triste em diferentes acontecimentos da vida é normal, mas quando essa sensação começa a afetar o seu dia a dia e aparecer em longos períodos, é bom ficar de olho. Esses são sintomas de depressão.


Normalmente, ela começa a ser apresentada diante de várias atitudes, assim como: a presença de baixa autoestima, isolamento e uma tristeza profunda que parece que nunca acabar.


A depressão, ou também conhecida como “mal do século” é uma doença que afeta homens e mulheres, sendo mais frequente em mulheres de diferentes idades. Ela está diretamente ligada aos neurotransmissores como a serotonina – substância que transmite a sensação de bem-estar. Mas, além da sensação de infelicidade e tristeza constante, a depressão também atinge fisiologicamente, promovendo baixas no sistema imune, considerada um fator de risco para doenças cardiovasculares.


Depressão: principais sintomas


Os sintomas são diversos, mas não necessariamente porque você tem um ou alguns deles significa que sofre de depressão. Por isso, não se preocupe, o mais importante é procurar ajuda e fazer um diagnóstico completo. Conheça os principais sintomas:


- Irritabilidade;


- Ansiedade e angústia;


- Baixa autoestima;


- Cansaço e insônia;


- Pensamentos pessimistas e comportamentos compulsivos;


- Dificuldade de concentração;


- Diminuição no desempenho sexual;


- Perda ou aumento de peso;


- Falta de motivação e desejo de morte.


Como tratar


A depressão não é tratada apenas com medicamentos, pois os fatores psicológicos e sociais são afetados, tais como: relacionamento, trabalho, família ou mesmo a forma de enfrentar o mundo, tornando-se um dos gatilhos para o surgimento da depressão e até mesmo traumas.


Para livrar-se desses sintomas, o mais importante é conversar com seu médico e verificar os motivos. Caso seja constatada a depressão, ele te recomendará medicamentos antidepressivos e, se necessário, sessões de terapia. Mas, para passar por essa fase ou mesmo evitar a depressão, investir na prática de exercícios físicos, técnicas de relaxamento e dieta podem ajudar, isso porque incentivam na liberação de hormônios que estimulam o bom humor.

FONTE: Agência Brasil

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium