Sábado, 16 de janeiro de 2021
(67) 9-9959-0792
Manchete

03/08/2018 às 15h30

624

Redação

Campo Grande / MS

Cinco cidades concentram mais de 50% dos votos em Mato Grosso do Sul
Lista completa revela que só mais 14 colégios eleitorais atingem mais de 1% do eleitorado em MS
Cinco cidades concentram mais de 50% dos votos em Mato Grosso do Sul

Com 79 municípios, Mato Grosso do Sul tem cinco cidades que concentram mais da metade dos votos de todo o Estado, segundo os dados divulgados na última quarta-feira (1) pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). São elas Campo Grande, Dourados, Ponta Porã, Três Lagoas e Corumbá.


O maior colégio eleitoral do Estado, imbatível, é a capital Campo Grande, que concentra 31,49% dos votos. Em seguida, vem a segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul, Dourados, que representa 8,32% do eleitorado sul mato-grossense.


 


Excluindo a capital, os outros quatro municípios do interior, Dourados (8,32%), Corumbá (3,69%), Três Lagoas (4,14%) e Ponta Porã (3,37%), somam quase um quinto dos votos de todo o Estado, 19,5%. Essa média se mantém há cinco eleições, quando o TSE começou a divulgar as estatísticas do eleitorado.


Ainda segundo os dados do TSE, mais municípios do interior têm conseguido um maior peso no pleito desde as eleições de 2010, que reelegeram o ex-governador André Puccinelli (MDB). Na época, excluindo as cinco que representam metade do eleitorado, dez cidades do interior tinham mais de 1% dos votos de todos os sul mato-grossenses.


Atualmente, outros quatorze municípios têm peso maior que 1% no eleitorado do Estado: Amambai, Aquidauana, Caarapó, Costa Rica, Coxim, Maracaju, Miranda, Ivinhema, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Sidrolândia, Rio Brilhante e São Gabriel do Oeste.


Essas quatorze cidades, sozinhas, representam quase outros um quinto dos votos de todo o Estado, 19,48%. Nas últimas eleições para governador, o número de cidades com mais de 1% de representação de votos foi de onze cidades, além de Dourados, Corumbá, Ponta Porã e Três Lagoas.


Ao todo, mais de 1,87 milhão de eleitores comparecerão às urnas em todo o estado durante o pleito de outubro. O número de eleitores cresce a cada ano, enquanto que a porcentagem de faltosos e pessoas com risco de perder o título aumenta ao mesmo tempo


FONTE: Joaquim Padilha

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2021 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium