Sexta, 03 de abril de 2020
(67) 9-9959-0792
Economia

26/03/2020 às 16h40

57

Redação

Campo Grande / MS

Governo antecipa salário de servidores e adota medidas de segurança para evitar Covid-19
Os pagamentos serão disponibilizados para saque em três etapas
Governo antecipa salário de servidores e adota medidas de segurança para evitar Covid-19
Foto Edemir Rodrigues

O Governo do Estado vai antecipar o pagamento dos servidores públicos estaduais. Como medida de segurança para evitar aglomeração de pessoas nos bancos, comércios e reduzir as chances de propagação do Coronavírus, os pagamentos serão disponibilizados para saque em três etapas.


A primeira etapa será na terça-feira (31.3) contemplando aqueles servidores com salários de até R$ 2 mil; na quarta-feira (01.4) estará disponível para saque os vencimentos de servidores que ganham até R$ 4 mil; e na quinta-feira (02.4) para servidores com vencimentos acima de R$ 4 mil.  


A folha salarial referente ao mês de março soma R$ 482,1 milhões e atinge 77,9 mil servidores – 47.021 ativos e 30.973 inativos e pensionistas – que de acordo com o secretário de governo e gestão estratégica, Eduardo Riedel pertencem a uma massa importante de consumidor.


“Essa medida vai irrigar nossa economia. Apesar de todo esse momento difícil que estamos vivendo em relação ao comércio e em relação aos serviços, é importante que o servidor tenha esse recurso. Nós vamos aos poucos voltando a normalidade, e é interessante a gente manter em dia e antecipar para evitar essa aglomeração”, pontuou.


Desde o mês de janeiro, o Governo do Estado vem adotando medidas de combate e prevenção do Covid-19 em Mato Grosso do Sul, sendo a primeira delas a criação do Centro de Operações Especiais contra o Coronavírus (Coe-MS).


Entre as decisões da gestão estadual estão ainda o Regime Excepcional de Teletrabalho (home office), processo seletivo para contratação de mais profissionais de saúde, contratação de 207 leitos hospitalares, distribuição de 80 mil litros de álcool 70%, suspensão das aulas, suspensão das férias de bombeiros e profissionais de saúde, compra emergencial de kits para fazer teste da doença e suspensão de cirurgias eletivas, entre outras.


 

FONTE: Mireli Obando

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium